Académica:Câmara e Universidade não dizem se estão com Deus ou com o Diabo

O presidente da AAC/OAF tem utilizado os nomes da Universidade de Coimbra, do Instituto Politécnico de Coimbra, da Câmara Municipal de Coimbra e da Associação Académica de Coimbra para dar a entender que estas 4 instituições vão ser o principal  suporte da  ”sua SAD”.

Os objectivos do Condenado são claros. Pretende ganhar credibilidade à custa destes poderes de Coimbra. Deseja desviar atenções sobre as suas verdadeiras intenções. Anseia que os sócios não percebam que o seu projecto de poder visa o controlo do clube de forma directa e indirecta. Não é novidade. O Sexo e a Cidade  denunciou parte do esquema  em Setembro de 2012. Só não leu quem não quis.

No entanto, para que os sócios saibam com o que podem contar, decidimos perguntar à UC, IPC, CMC e IPC o seguinte:

 1 – Tem sido anunciado que essa instituição está interessada em se tornar accionista de uma eventual Sociedade Anónimo Desportiva a constituir pela Académica, caso este seja o modelo societário escolhido pelos sócios do clube.Confirma?

2- Se essa transformação for viabilizada no próximo dia 25, em que moldes é que a essa instituição pensa concretizar a sua presença na futura sociedade? A CMC vai optar por uma compra simbólica de um reduzido número de acções ou pondera adquirir um número significativo? Caso a opção seja esta última modalidade, qual o valor máximo que essa instituição planeia investir na Académica SAD?

O Politécnico respondeu de imediato. A Académica preferiu emitir um comunicado. As decisões são esclarecedoras.  Estarão sempre com a Académica, mas investir no clube não faz parte das suas prioridades, até  porque, como se sabe, o dinheiro não abunda  no ensino e na academia.

Câmara e Universidade não se pronunciaram dentro do prazo sugerido por O Sexo e a Cidade. Acreditamos que João Paulo Barbosa de Melo e João  Gabriel Silva ainda vão divulgar a posição oficial das instituições que dirigem.  Esperamos que não fiquem surpreendidos se lhes dissermos que faltam dois dias para a Assembleia Geral que vai decidir o futuro do clube de Coimbra. Percebemos que tenham o seu calendário eleitoral, mas Coimbra sabe dar mais encanto a quem sabe decidir a tempo e horas.

Confiamos que não vão querer ficar bem com Deus e com o Diabo. Que são daqueles que sabem escolher entre o Bem e o Mal. Por isso, com muito espírito académico, vamos aguardar que esclareçam a cidade e a universidade.


Notícias Recentes